Postagens

Mostrando postagens de Março, 2019

O EXERCÍCIO ESPIRITUAL DA VIA-SACRA

Imagem
Denominamos de Via-Sacra, caminho sagrado, o trecho percorrido por Nosso Senhor Jesus Cristo desde a sua condenação, na casa de Pilatos, até ao local do seu sepultamento. É o caminho da expressão maior da condenação e sofrimento do justo inocente, da morte na cruz e da escuridão silenciosa do sepulcro. Mas é também a revelação da misteriosa misericórdia de Deus, que não deseja a morte do pecador, mas que ele se converta e viva. Todo dia é dia para rezar a Via-Sacra, mas não há tempo melhor que a quaresma para fazê-la de modo individual ou comunitariamente. São quatorze estações, ou momentos, que nos permitem contemplar e participar do mistério de Cristo sofredor, desde a sua condenação até o seu sepultamento. A cada semana da quaresma, a sexta-feira é o dia adequado para rezarmos a Via-Sacra. A nossa vida de fé é também feita de orações. Orações litúrgicas e não litúrgicas, propostas ou não diretamente pela Igreja. Muitas orações chegam até nós através da piedade popular. É isto

O que a Igreja diz sobre a teoria da evolução?

Imagem
Reflita, através dos pensamentos da Igreja, sobre a origem da vida Na Encíclica “Fides et ratio” (1998), o Papa São João Paulo afirma que “a fé e a razão (fides et ratio) constituem como que as duas asas pelas quais o espírito humano se eleva para a contemplação da verdade. Foi Deus quem colocou, no coração do homem, o desejo de conhecer a verdade e, em última análise, conhecê-Lo, para que, conhecendo-O e amando-O, possa chegar também à verdade plena sobre si próprio”. O Papa estimula um diálogo honesto e aberto entre a fé e a ciência, e que não pode haver contraposição, pois buscam a verdade e, de modo diferente, devem chegar a Deus. Graças à investigação científica, compreendemos muito melhor a grandeza do universo e a presença de Deus. A Igreja Católica é “apaixonada” pelas diversas ciências. A teoria da evolução é um tema relevante nos debates em torno da vida e mais especificamente, do início da vida humana, e envolve questões científicas, filosóficas e teológicas, cada uma

Dom Tomé faz reunião com os padres que acolhem seminaristas para estágio pastoral

Imagem
Dom Tomé se reuniu nesta sexta-feira, dia 15, com os 18 sacerdotes que acolhem seminaristas nos finais de semana para estágio pastoral em diversas paróquias e comunidades, tanto na cidade de São José do Rio Preto, como também em outras cidades da diocese. O assunto tratado, segundo informou o reitor do Seminário Maior Diocesano, padre Leonel Brabo, foi o de "acompanhamento do processo de estágio Pastoral que os padres exercem acolhendo os seminaristas nos fins de semana, como um trabalho de formação pastoral". Esta foi a primeira reunião deste ano com os padres.

Nova pesquisa revela os efeitos da fé no cérebro

Imagem
A fé traz benefícios psicológicos e físicos, de acordo com estudos científicos Um artigo da edição de março da revista italiana Benêsse, la saudé con l’anima nos oferece a oportunidade de aprofundar uma perspectiva científica sobre os efeitos psicofísicos da fé, revelando um panorama verdadeiramente encorajador. O autor é o jornalista científico Piero Bianucci, que desde o início deixa claro que não está tentando tirar uma conclusão exagerada e utilitarista como: “Se você acredita em Deus, não terá nenhum problema de saúde”. Em vez disso, ele quer compartilhar conosco os resultados interessantes de experimentos neurocientíficos que mostram o impacto positivo da experiência religiosa. Ressonância espiritual O artigo é amplamente baseado no livro Psychothérapie de Dieu, escrito pelo psiquiatra francês Boris Cyrulnik, que revela que, através do uso de simples e não invasivos exames de ressonância magnética, tornou-se claro que a oração e outras experiências emocionais relacionad

Orientações para os padres coordenadores de regiões pastorais e assessores de pastorais, movimentos e associações religiosas - Março de 2019

Imagem
Caro Padre. Agradeço imensamente ao Senhor pela sua ajuda fraterna na construção da comunhão eclesial, ao assumir um serviço de coordenação ou assessoria pastoral na Diocese de São José do Rio Preto. Deus lhe pague! Deixo aqui as ideias que conversamos no dia 13 de março, na Casa do Clero:   É preciso ter clara a distinção entre Pastoral, Movimento, Associação Religiosa e Nova Comunidade. A diversidade e pluralidade na Igreja é um bem, contribui para a unidade e a comunhão; são expressões diversas da manifestação do Divino Espírito Santo, como respostas aos sinais dos tempos. As pastorais estão sempre vinculadas estreitamente à CNBB, aos seus regionais e à Diocese. Os movimentos possuem uma organização mais ampla, internacional, possuem aprovação pontifícia e são acompanhados pela Santa Sé. As associações religiosas possuem organização internacional, com estatutos próprios, e são também reconhecidas pela Santa Sé. As novas comunidades são majoritariamente de direito

O SACRAMENTO DA CONFISSÃO E A QUARESMA

Imagem
O pecado é uma realidade que nos pertence enquanto construímos história no mundo, marca a nossa existência histórica do começo ao fim.   Não há pessoa humana que não experimente, em algum momento de sua vida, o pecado: “Quem dentre vós não tiver pecado, atire a primeira pedra” (Jo 8,7). Podemos pecar contra nós mesmos, o outro, as comunidades a que pertencemos, a sociedade e contra Deus. Não poucas vezes as estruturas que sustentam as sociedades estão também permeadas pelo pecado. O pecado pode ser pessoal, comunitário, social e estrutural, mas sempre passa pelo exercício da liberdade da pessoa humana. Se de um lado ele abunda em nós e entre nós, diminui cada vez mais a consciência pessoal, comunitária e social do pecado. Pecamos e não sabemos, ou melhor, pecamos e não queremos saber que pecamos. O pecado tornou-se habitual em nós e entre nós, cotidianidade, algo encarado como normal. Anormal tornou-se não pecar. O que é uma ferida inserida na pessoa humana pelo arbítrio hu

Confira as últimas postagens do site da Diocese de São José do Rio Preto