quinta-feira, 30 de novembro de 2017

[INFORMAÇÃO]



TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

  30 de Novembro de 2017 | Tema: Reforma Agrária

 

Ontem, 29, dom Tomé ministrou o sacramento da Crisma a 82 jovens da Paróquia Santa Rita de Cássia, SJRP.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

  29 de Novembro de 2017 | Tema: Violência contra a mulher


terça-feira, 28 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

  28 de Novembro de 2017 | Tema: Soldado desconhecido


Diocese e Prefeitura de Mirassol viabilizam terreno para construção da casa paroquial da futura Paroquia Santo Antônio.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Em 26 de novembro, dom Tomé administrou o sacramento da Crisma a 41 jovens e adultos na paróquia Santa Luzia, em São José do Rio Preto.


Visita Pastoral na comunidade da paróquia Santa Luzia, SJRP.

DOM TOMÉ VISITA A PARÓQUIA SANTA LUZIA


A paróquia de Santa Luzia teve a honra e a alegria de receber a ilustre visita pastoral do Senhor Bispo: Dom Tomé Ferreira da Silva. Ele esteve conosco do dia 22 ao dia 26 de novembro. Foram cinco dias de encontros e um maior conhecimento da comunidade. Foram visitas aos enfermos, às famílias mais carentes da paróquia, encontro com os funcionários e voluntários, com o Conselho Administrativo, com o Conselho Pastoral Paroquial, e com a sociedade civil: médicos, fisioterapeutas, professores e empresários. Dom Tomé esteve reunido numa tarde de domingo com os jovens da comunidade. Tivemos também os momentos de celebrações e de oração com a comunidade: reza do terço, adoração, missa na Rede de Comunidade e na igreja. No final de semana ele celebrou todas as santas missas e no sábado à noite, tivemos a crisma, com 41 crismados. No domingo, nosso bispo presidiu as três missas dominicais. Deixou-nos muitos conselhos e muitas mensagens de esperança e de motivação, principalmente para que nossa paróquia seja toda missionária. Também nos falou da abertura do Ano Nacional do Laicato, no qual todos os leigos são chamados a atuar na comunidade e na sociedade como um todo. Não podemos ficar calados e omissos diante das injustiças e da corrupção generalizada que estamos vivendo. Também nos falou da possibilidade de pegar um campo de trabalho missionário dentro da diocese, já que, de um lado, não temos capelas dentro do território da nossa comunidade e do outro, temos muitas periferias abandonadas e necessitadas de missionários. Mais uma vez, agradecemos Dom Tomé, na certeza de que sempre estaremos unidos ao nosso Bispo, sinal de comunhão e unidade. Que Santa Luzia interceda sempre pelo seu ministério episcopal. Amém!

Pe. José Vinci
Paróquia Santa Luzia

DOM TOMÉ VISITA A PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE CZESTOCHOWA



Nos dias 9, 10, 11 e 12 de novembro de 2017, a Paróquia Nossa Senhora de Czestochowa, no Bairro João Paulo II, e Capela São Miguel Arcanjo, no Residencial Rio Preto I, receberam a visita Pastoral do Bispo Diocesano Dom Tomé Ferreira da Silva. No primeiro dia ele, acompanhado do Padre Tadeusz Szersen, visitaram três doentes e três famílias mais carentes, uma da Capela e duas da Paróquia, e disse que precisamos lançar um olhar mais sensível ao sofrimento alheio.

No dia 10, ele se encontrou com funcionários e voluntários da Paróquia, e disse que o voluntariado é um trabalho muito importante para a comunidade. Orientou sobre as leis, e disse que é preciso deixar tudo sempre bem documentado para não ter problemas futuros. Falou que precisamos ter um olhar diferenciado com os jovens porque estão cada vez mais afastados das Igrejas e enchendo os presídios e clínicas, tudo por causa das drogas. À noite celebrou uma Missa na casa do Paroquiano e Diácono, Clóvis José Ribeiro, onde boa parte da comunidade participou.

No sábado, dia 11, se reuniu com os membros do CPP (Conselho Pastoral Paroquial) e o CPAE (Conselho Pastoral Administrativo e Econômico), orientou sobre alguns assuntos financeiros novos implantados na diocese e leis trabalhistas que devem ser seguidos. Também pediu para as pastorais terem um olhar diferenciado para os novos modelos de famílias e que a Igreja Católica não pode ser contrária, temos que respeitar as diferenças, que é o que o Papa Francisco nos pede, “o amor acima de tudo”. Logo após participou da Oração do Terço e celebrou a Santa Missa.

No domingo dia 12, à tarde, encontrou-se com lideranças civis, profissionais liberais que trabalham no bairro, e também funcionários, professores, coordenadores, diretores das três creches que a Cáritas
Paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Czestowocha administra, e da escola Municipal Jacy Salles da Silva. Falou sobre a atual situação que nossa cidade, e principalmente o bairro João Paulo II, enfrenta. Ele Pediu, entre outras coisas, que os profissionais das escolas levem esperança para as pessoas, e enfatizou que, quando as pessoas perdem a esperança, elas perdem tudo. Por isso, o número de suicídios está aumentando em nossa cidade. Depois ouviu algumas pessoas que puderam expor suas dificuldades e demandas; uma delas, a diretora da Escola Jacy Salles, que citou o caso dos funcionários terceirizados das escolas municipais (aux. de limpeza e de cozinha) que não receberam o salário do mês e também a falta dos “Anjos da Guarda” que tomavam conta das escolas e foram dispensados; ela disse “como levar a esperança para estas pessoas que não tem nem alimento dentro de casa?”.

Em seguida Dom Tomé presidiu a Adoração ao Santíssimo Sacramento e celebrou a Santa Missa. Em sua homilia de despedida, deixou algumas instruções para a comunidade. “Buscar a Luz da Palavra de Deus e constituir uma comunidade de fé e esperança viva e forte”. A vivência do amor e da família, dedicação ao próximo e cuidado com a Igreja também foram elencados por Dom Tomé.
A comunidade ficou muito honrada com a visita do nosso bispo , que lembrou sobre o que o Papa Francisco nos pede “uma Igreja fundamentada na conduta da saída, da solidariedade, da acolhida e do
serviço, missionário”.

Aldaisa Antoniassi
Paróquia Nossa Senhora de Czestochowa

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO E ANO NACIONAL DO LAICATO

Na liturgia católica, a Solenidade de Cristo Rei é significativa: proclamamos Jesus Cristo Rei e Senhor do mundo e da história; reinado que brota do mistério do Crucificado Ressuscitado que sobe ao céu; poder que é serviço fundado na caridade. Este Rei, conhecemos, amamos, seguimos e anunciamos como Deus e Salvador. Em Nosso Senhor Jesus Cristo somos, nos movemos e queremos agir; inspirados n’Ele, por Ele e para Ele, queremos um dia estar no céu.

A Solenidade de Cristo Rei nos convoca a tomar decisões ousadas, a fazer escolhas objetivas, postura de quem está no mundo, mas não é do mundo e não se deixa dominar por ele. Desde aqui e agora somos cidadãos do Reino de Nosso Senhor Jesus Cristo; o seu reinado em nós transfigura nossa humanidade e dá novo sentido à nossa “mundanidade”. Quem se encontra pessoalmente com Nosso Senhor Jesus Cristo e vive imerso no seu mistério, aceitando-o como Rei e Senhor, sente-se seu discípulo missionário e interior e livremente compelido a testemunhá-lo com a vida e a palavra.

Neste ano de 2017, a Solenidade de Cristo Rei é celebrada no dia 26 de novembro e adquire um significado singular: inicia-se o Ano Nacional do Laicato, uma iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que respondeu afirmativamente a uma solicitação do Conselho Nacional dos Leigos do Brasil. É uma iniciativa motivada pelos 30 anos do Sínodo Ordinário sobre os Leigos (1987), da Exortação Apostólica Christifideles Laici, de São João Paulo II, que trata da vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo (1988), e que explicita a reflexão iniciada pelo Concílio Ecumênico Vaticano II sobre a missão do leigo no mundo e na Igreja.

Os leigos são os cristãos que foram incorporados a Cristo pelo batismo, formam o Povo de Deus, Corpo Místico de Nosso Senhor Jesus Cristo, participam da natureza sacerdotal, profética e pastoral do Divino Salvador. Na comunhão da Igreja, através da obediência aos bispos em comunhão com o Papa, os leigos são protagonistas, ativos e propositivos; possuem uma consciência clara de pertencerem à Vinha do Senhor, unidos ao tronco, Nosso Senhor Jesus Cristo, de quem assimilam a graça e a força, através da Palavra, dos Sacramentos e da Caridade, para viverem e atuarem como cidadãos do Reino de Deus.

Apontamos como objetivos do Ano Nacional do Laicato: estimular os leigos a serem Cidadãos do Reino de Deus, membros efetivos e ativos da Igreja, testemunhas de Nosso Senhor Jesus Cristo na sociedade; na Igreja e no mundo, aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; divulgar e dinamizar o estudo e a prática do documento 105 da CNBB: ‘Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade’.

No atual contexto social do Brasil espera-se dos leigos uma consciência maior de cidadania e corresponsabilidade na construção da sociedade renovando o mundo da política e da economia, combatendo a violência e construindo a cultura da paz, atuando ativa e efetivamente no combate a diversas formas de corrupção, pequenas ou grandes, praticadas pelos cidadãos, pelas autoridades e empresas, promovendo a família cristã e o sacramento do matrimônio, tais como são propostos por Nosso Senhor Jesus Cristo, defendendo a vida, desde a concepção até o seu fim natural, semeando os valores cristãos nas estruturas da sociedade, assumindo serviços nas diversas instâncias decisórias da sociedade, tais como sindicatos, conselhos paritários, partidos políticos, organizações de bairro, conselhos escolares, ONGs do bem e serviços voluntários em associações de caridade e filantrópicas.

Em sintonia com a Igreja Católica Apostólica Romana, no Brasil, nossa Diocese de São José do Rio Preto realizou no dia 30 de setembro do ano em curso a Assembleia Diocesana de Pastoral. Nela celebramos a unidade e iniciamos o Ano Nacional do Laicato no Brasil, visto que estudamos o documento 105 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil: “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade”. Procuramos com e em assembleia despertar as lideranças de cada paróquia, comunidade, associação religiosa, pastoral, movimento e nova comunidade a assumirem o compromisso de planejar e viver o ano do laicato partindo da própria identidade e realidade na Diocese.

O Ano Nacional do Laicato é uma oportunidade para descobrir que ser cristão católico é conhecer, amar, seguir e anunciar Jesus Cristo de fato e de verdade, um tempo para redescobrir a beleza e o encanto de ser Igreja, para ousadamente ser voz forte e corajosa que clama pela justiça, pela paz, pela verdade e honestidade, testemunhar com gestos concretos que os cristãos unidos e comprometidos com o Reino de Deus transformam a sociedade e se tornam sinais de esperança para um mundo transfigurado.


+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP
Dom Tomé em visita pastoral à paróquia Santa Luzia, SJRP.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

VISITA PASTORAL DE DOM TOMÉ À PARÓQUIA DIVINO ESPÍRITO SANTO

Na manhã de quarta feira, 15 de novembro, dom Tomé iniciou a visita pastoral em nossa comunidade, passando por várias casas de paroquianos em situação de pobreza e enfermidade. À tarde tivemos um momento de Adoração ao Santíssimo, especialmente com os jovens e adolescentes e logo após a Santa missa com todos da comunidade. Após a missa, um descontraído e próximo bate papo com o Conselho de Assuntos Econômicos da paróquia.

Destacamos, na sexta feira, dia 17, o Santo terço, a Santa missa e logo depois, uma reunião com todos os coordenadores de pastorais e movimentos (Conselho Pastoral Paroquial) encerrando com apresentações e uma simples confraternização.

No domingo celebramos a Missa às 8h, com a igreja lotada, e logo após Dom Tomé falou aos pais dos catequizandos e catequistas, agradecendo aos pais e pedindo para que eles nos ajudem, pois o primeiro lugar da educação na fé da criança é a própria casa, o lar. Dom Tomé cumprimentou a todos e distribuiu lembrancinhas a todos como sinal de gratidão e incentivo à vivencia da fé. Às 18h aconteceu um momento muito significativo com os comerciantes, professores e outros profissionais liberais do nosso bairro. Na oportunidade nosso bispo falou da importância de nos unirmos e numa ação conjunta enfrentarmos os desafios ao nosso redor; destacou, especialmente, o desemprego, o consumo e tráfico de drogas, e a poluição da avenida do Linhão. Na oportunidade alguns deram suas opiniões e sugestões para enfrentar as situações elencadas. Terminamos com saudações, agradecimentos e um descontraído coquetel. Logo depois, dom Tomé convidou a todos para participarem da Santa Missa. Às 19h30 iniciamos a Celebração Eucarística, em mais um momento em que a igreja estava lotada, celebramos, na alegria, o Mistério da Páscoa Semanal de Nosso Senhor Jesus Cristo e ao final, agradecimentos e cumprimentos ao nosso Pastor Diocesano foram dirigidos pela leiga Vilma Aranega. E dom Tomé mais uma vez cumprimentou a todos os paroquianos, e solicito, tirou fotos com muitas pessoas.

Enfim, para a nossa comunidade foi um momento muito especial de motivação e conscientização, de presença missionária forte e amiga de Jesus, na pessoa de dom Tomé. Ficamos muito felizes e mais esperançosos numa igreja “em saída”, como o Papa Francisco nos pede. Muito obrigado, dom Tomé

Pe. Natalício Nascimento dos Santos
Paróquia Divino Espírito Santo - São José do Rio Preto

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

20 de Novembro de 2017 | Tema: Dia da Consciência Negra





domingo, 19 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

19 de Novembro de 2017 | Tema: Dia da Bandeira





sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Reunião da Comissão Episcopal Representativa Ampliada do Regional Sul 1 da CNBB

No dia 16 de novembro deste ano, aconteceu em São Paulo, Capital na sede da CNBB Regional Sul 1, a reunião da Comissão Episcopal Representativa Ampliada do Regional Sul 1 da CNBB, contando com a presença dos sub-regionais das várias dioceses paulistas: Aparecida, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto (RP 1 e RP 2), São Paulo (SP 1 e SP 2) e Sorocaba.

O encontro foi coordenado por Dom Airton José dos Santos, arcebispo metropolitano de Campinas e presidente do Regional Sul 1, e contou com a presença dos senhores arcebispos, bispos, sub-secretários de cada regional, representantes das diversas pastorais e movimentos que atuam na pastoral da Igreja servindo o povo de Deus no Estado de São Paulo.

O nosso sub-regional (RP 2) foi representado pelo nosso bispo diocesano, Dom Tomé Ferreira da Silva, bispo referencial do regional, e padre Gerson Carlos Cavalin, coordenador de pastoral e sub-secretário.

O Regional Sul 1 realiza várias reuniões ao longo do ano, ora somente com os bispos, ora com um número ampliado de pessoas para discutir, preparar o andamento dos trabalhos no regional. Na reunião foram apresentadas, em forma de avaliação, as ações pastorais significativas de cada regional. Os coordenadores de pastorais, movimentos e organismos que atuam no Estado de São Paulo apresentaram seus trabalhos para o conhecimento de todos os presentes. Também foi apresentada de forma positiva e bem detalhada a avaliação da 39ª Assembleia das Igrejas do Regional Sul 1 da CNBB, que aconteceu em Itaici/SP, no mês de outubro. Foi apresentado também o projeto missionário do regional Sul 1, que acontece na Amazônia e na África, em Moçambique.

Por fim, foram apresentadas propostas para celebrar o Ano Nacional do Laicato em nossas dioceses paulistas, valorizando os leigos e leigas como sujeitos eclesiais na ação pastoral da Igreja e na sociedade verdadeiramente como sal, luz e fermento no Mundo.


Padre Gerson Carlos Cavalin
Coordenador Diocesano de Pastoral

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

17 de Novembro de 2017 | Tema: Não furtarás




quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Dom Tomé e padre Gerson Cavalin participam da Reunião da Comissão representativa Regional Sul 1 da CNBB, em São Paulo.

Crisma na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Monte Aprazível.

Dom Tomé em visita pastoral à paróquia Divino Espírito Santo, SJRP.

DOM TOMÉ COMPLETA 5 ANOS À FRENTE DA DIOCESE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

"O Senhor nos guardará qual pastor a seu rebanho" (Jr31,10)


Dom Tomé, nestes 5 anos à frente de nossa diocese, rendemos graças a Deus pela sua vida e seu ministério e desejamos-lhe um fecundo e profícuo pastoreio.

Que o Cristo Bom Pastor ilumine, guie e oriente sua missão!

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

16 de Novembro de 2017 | Tema: Dia Internacional da tolerância




Dom Tomé visita a paróquia Divino Espírito Santo, em São José do Rio Preto

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

15 de Novembro de 2017 | Tema: Proclamação da República

 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

14 de Novembro de 2017 | Tema: Servos inúteis

 

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

11º Caminho do Padre Mariano reúne cerca de 1.500 fiéis

Dom Tomé visita a paróquia Nossa Senhora de Czestochowa, São José do Rio Preto.

XI Caminho do Beato do Padre Mariano

O Caminho do Beato Mariano faz memória a todo esforço do Beato Padre Mariano de La Mata para acolher e administrar as paróquias de Santa Apolônia, Distrito de Engenheiro Schimitt e São Luis Gonzaga em Cedral. O bem aventurado padre celebrava a missa na paróquia de Santa Apolônia e seguia seu caminho por estrada de terra à cidade de Cedral, para a segunda missa.

Padre Mariano foi um homem de grande fé. Sempre entusiasmado pelo Reino de Deus, dava seu testemunho de forma simples e perseverante. Tinha grande amor pelos pobres, pelas crianças, pela natureza e pela Igreja. Quando os pobres o procuravam para pedir ajuda, eram atendidos pelo beato com tanto alegria e caridade que alguns até se esqueciam da esmola que tinham ido pedir.

Este ano de 2017, a celebração da memória do Beato padre Mariano de La Mata, aos 05 de novembro, foi antecedida por tríduo com grande participação de fiéis devotos de Engenheiro Schimitt e de São José do Rio Preto – SP. No dia 12 de novembro aconteceu o XI Caminho do Beato Padre Mariano, com santa missa presidida por Dom Tomé Ferreira da Silva, às 6h, seguida da caminha de sete quilômetros até a paróquia de São Luis Gonzaga, em Cedral – SP encerrando-se com a segunda missa, presidida por padre Amilton Fernando Guerra, pároco.

Cerca de 1500 pessoas participaram do Caminho. São muitos testemunhos de fé e gratidão a Deus por muitas graças alcançadas, sempre pela Sua bondade infinita, e por intercessão do Beato Padre Mariano de La Mata. Sua memória é viva, pois contam-se “de pais para filhos” suas histórias de verdadeiro amor a Deus e à Igreja.

Pe. Rogério Corrêa
Paróquia Santa Apolônia – Eng. Schimitt
 
 
TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

13 de Novembro de 2017 | Tema: Escândalo

domingo, 12 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

12 de Novembro de 2017 | Tema: Fake news


sábado, 11 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

11 de Novembro de 2017 | Tema: Deus ou o dinheiro

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

10 de Novembro de 2017 | Tema: Violência

O bispo de São José do Rio Preto, dom Tomé Ferreira da Silva, esteve no Santuário São Judas Tadeu no início da noite dessa quinta-feira, 9 de novembro, para visitar a turma que, a partir do empenho da Cáritas Diocesana, está recebendo formação em manutenção de computadores. A iniciativa acontece em parceria com a Paróquia, que cede uma sala do Centro de Pastoral padre Enrico Galimberti para a realização das aulas. "É uma alegria para a gente, enquanto Cáritas, saber que nós estamos oferecendo esse curso a vocês", disse dom Tomé.

O padre Luiz Caputo, que esteve presente ao encontro, manifestou a alegria pela parceria firmada. "Somos uma só Igreja. É bonito ver a turma chegando. Isso é muito bom para a Comunidade", disse o presbítero.

O instrutor do curso, o empresário Marcos, também se mostrou satisfeito com a caminhada realizada. "O pessoal é entusiasmado", disse ele. Até o final da formação serão mais dois meses de encontros. Além dessa, outras turmas, em diferentes Paróquias da cidade, estão acolhendo as ações da Cáritas em diversas áreas; possibilitando a capacitação de grande número de cidadãos e a geração de renda em prol dos grupos familiares que eles representam.
 
André Botelho
Santuário São Judas Tadeu

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Reunião da Província Eclesiástica de Ribeirão Preto

No dia 08 de novembro deste ano, aconteceu em Votuporanga/SP, no Centro de Pastoral da Paróquia São Bento, a reunião da Província Eclesiástica de Ribeirão Preto, contando com a presença das dioceses paulistas: Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Franca, Jaboticabal, São José do Rio Preto, Barretos, Jales, Catanduva e Votuporanga.

O encontro foi coordenado por Dom Moacir Silva, arcebispo metropolitano de Ribeirão Preto, e contou com a presença dos senhores bispos, coordenadores de pastorais, representantes dos presbíteros e dos padres assessores do setor juventude das respectivas dioceses da província. Os trabalhos foram assessorados por: Dom Antônio Emídio Vilar, bispo diocesano de São João da Boa Vista e membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, que apresentou o tema de reflexão” XV Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos ’Os jovens, a fé e o discernimento vocacional’”

A nossa diocese foi representada pelo nosso bispo diocesano, Dom Tomé Ferreira da Silva, e pelos padres: Gerson Carlos Cavalin, coordenador de pastoral, Marcos Antônio Figueira, representante dos presbíteros e Rafael Dalben, assessor diocesano do setor juventude.

Dom Tomé tomou a palavra junto com Frei Francisco, de Jaci, para propor aos senhores bispos a criação de um Centro de Tratamento especializado para sacerdotes que apresentam problemas com drogadição, distúrbios e qualquer outro tipo de doenças; o assunto foi lançado para apreciação dos responsáveis das dioceses ali representadas.

No encontro também foram apresentadas, em forma de avaliação, as ações pastorais significativas de cada diocese, com destaque para o Ano Mariano, que foi celebrado de forma jubilar por todas as dioceses presentes. Também foi apresentada de forma positiva a avaliação da 39ª Assembleia das Igrejas do Regional Sul 1 da CNBB, que aconteceu em Itaici/SP, no mês de outubro.

Por fim, foram apresentadas propostas para celebrar o Ano Nacional do Laicato em nossa Província Eclesiástica de Ribeirão Preto, valorizando os leigos e leigas como sujeitos eclesiais na ação pastoral da Igreja e na sociedade verdadeiramente como “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5, 13-14).

Padre Gerson Carlos Cavalin
Coordenador Diocesano de Pastoral

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

09 de Novembro de 2017 | Tema: Novembro Azul



quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Na noite de ontem (07) Frei Mauricio José Manosso Rocha tomou posse como novo Pároco da paróquia Santa Rita de Cássia, em São José do Rio Preto e Frei Rodrigo Almeida foi apresentado como Vigário desta comunidade.

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

08 de Novembro de 2017 | Tema: Enem 2017


terça-feira, 7 de novembro de 2017

Em 30 de Agosto do ano em curso, o Lar São Vicente de Paulo da cidade de Potirendaba recebeu da diocese de São José do Rio Preto uma doação no valor de R$5.000 (Cinco mil reais) para ajudar nas obras de reforma da instituição.

Os membros da diretoria, voluntários, funcionários e internos manifestaram gratidão pelo gesto generoso através de carta destinada à dom Tomé Ferreira da Silva.

Confira:
TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

07 de Novembro de 2017 | Tema: 100 anos da Revolução Russa.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

06 de Novembro de 2017 | Tema: O zelo pela criação

Na última sexta-feira, 03 de novembro, dom Tomé presidiu a Celebração Eucarística com o Rito de Sagração e dedicação do novo altar da Capela Nossa Senhora Aparecida, pertencente a paróquia Nossa Senhora D'Abadia, em Icém.

domingo, 5 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

05 de Novembro de 2017 | Tema: Dia de Todos os Santos

sábado, 4 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

04 de Novembro de 2017 | Tema: Beato Padre Mariano de la Mata

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

TV RIO PRETO PROGRAMA ENCONTRO MARCADO

03 de Novembro de 2017 | Tema: Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

DOM TOMÉ CELEBRA MISSA CAMPAL DE FINADOS NO JARDIM DA PAZ

Cerca de 2 mil pessoas participaram da missa

Em uma manhã de céu azul as quase duas mil pessoas presentes à Missa Campal de Finados no Cemitério e Crematório Jardim, tiveram o privilégio de ouvir reflexões maravilhosas na homilia do Bispo Diocesano Dom Tomé.

“A morte é um ato solitário onde tenho que me apresentar a Deus. Onde tenho que apresentar meus atos, minha vida, minha consciência. Como estou cuidando de mim? Da minha saúde, da minha vida? O que tenho feito por mim?”, questionou Dom Tomé.

Disse ainda que não devemos temer a morte, pois ela nos garante a vida eterna e a ressurreição da vida eterna.

Em sua homilia Dom Tomé reforçou as palavras de São Paulo que diz “Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação e vã a nossa fé”.

Um dos momentos de mais emoção foi a oração final feita por Dom Tomé e as pessoas soltando os balões e um terço feito de bexigas rumo ao céu.

Concelebrada pelos padres Aparecido Barcelos de Paula (Paróquia Imaculada Conceição), Alexandre Ferreira Santos (Paróquia São Francisco), Eliseo López Bardón (Paróquia São Francisco) e Leandro Luís Bernardes (Paróquia Menino Jesus de Praga), a missa teve a coordenação de Liturgia da Paróquia São Francisco e músicas do Ministério Angelus Domini da Paróquia Menino Jesus de Praga.
 
Texto e Fotos: Marcela Pinotti
Paróquia Menino Jesus de Praga - São José do Rio Preto/SP