sexta-feira, 28 de julho de 2017

Frei Joseph Sciberras O.S.A, Postulador Geral da Ordem de Santo Agostinho, em visita a diocese de São José do Rio Preto concede entrevista à Rádio Interativa FM e comenta acerca do processo de canonização do Beato Padre Mariano de La Mata.

RI – Qual a função do Postulador Geral da Ordem de Santo Agostinho?

Frei Joseph – O Postulador Geral da Ordem de Santo Agostinho tem como tarefa, como missão, levar adiante e promover a Causa dos Santos da Ordem de Santo Agostinho. O Postulador acompanha e leva adiante a causa desde o começo até o final da celebração da beatificação. É chamado de Postulador Geral porque ele acompanhada todas as causas de irmãos, freiras, padres da Ordem de Santo Agostinho. Uma destas causas é a causa do Beato Mariano que está numa fase muito especial, muito particular.

RI – Frei Joseph, como está o processo de canonização do Beato Padre Mariano?

Frei Joseph – Estamos à espera de um segundo milagre para a canonização. Terminando a primeira fase a Igreja ainda pede uma segunda prova. A segunda prova é um milagre que é apresentado na Igreja para devoção geral, universal, da santidade do Beato.

RI – Nós já temos algum milagre que está sendo estudado?

Frei Joseph – Estamos estudando um caso numa fase inicial para reunir provas e apresentar à Igreja para ser julgado.

RI – O que precisa ser feito para ajudar o processo a seguir em frente?

Frei Joseph – Colocar a vida do Beato como modelo de vida para todos. O testemunho de imitar a vida do Beato é de grande ajuda para a Causa.

RI – Em que o povo de São José do Rio Preto pode ajudar?

Frei Joseph – É importante para ajudar a Causa, divulgar, para que a vida do beato Mariano seja mais conhecida na cidade. Nesta fase, é importante pedir a intercessão do beato na vida das comunidades, nas famílias e nas paróquias. É um desejo dos Agostinianos serem comunicados das graças obtidas por intercessão do beato. Promover um testemunho de vida, imitando a vida do beato pedindo a sua intercessão é a melhor formar de promover o beato nesta região, nesta cidade.
 
video
 

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Retiro do Clero | Misericórdia na Vida Presbiteral


Entre 10 e 14 de julho, a segunda turma do Presbitério de nossa Diocese esteve em Retiro Espiritual acompanhada por dom João Muller, bispo de Lorena/SP.

 Foram dias de intensa espiritualidade; permitindo que cada um pudesse parar, respirar, pensar e amar. Às vezes vivemos o cansaço físico; aí basta uma boa noite de sono para que nos refaçamos. Outras vezes o cansaço é espiritual. Para esse, só o Pai pode nos refazer.

 Na nossa vida e missão o Deus Misericordioso nos conduz. Diante dessa realidade, somos convocados a refletir: nós, somos imagem desse Deus? Diante do clamor do Papa Francisco, no ano Santo da Misericórdia, descobrimos que esta é a característica fundamental do nosso relacionamento com as pessoas e entre nós?

 A missão da Igreja é anunciar a Misericórdia de Deus; por isso devemos “repropor” uma nova Evangelização, com entusiasmo e a partir de uma Pastoral Renovada. Na linguagem do Papa Francisco: “fazer a experiência de abrir o coração àqueles que vivem nas mais variadas periferias existenciais.”

  O tema do Retiro, “Uma Igreja Misericordiosa”, foi central nestes dias. É claro que outros pontos foram tratados; acima de tudo a motivação à oração de forma pessoal, no silêncio ou nos momentos comunitários.
 Destaco, no final desse resumo, a experiência de dedicar uma hora em Oração pessoal e silenciosa ao dia. Recordo a frase do bispo pregador: “podem deixar de lado tudo o que falei, se vocês conseguirem silenciar uma hora por dia e rezar a Deus”.

 Que assim seja e que venham os frutos deste Retiro em nossa Ação Pastoral. Amém.

Pe. Luiz Caputo
Pároco Reitor do Santuário São Judas Tadeu

Em 15 de julho, Dom Tomé Ferreira da Silva conferiu o sacramento da Crisma a 54 jovens durante missa na paróquia Sagrada Família e Santos Reis, em José Bonifácio.




Na última sexta-feira, 14 de julho, a Igreja celebrou São Camilo de Lellis, padroeiro dos enfermos e hospitais. Em missa presidida por Dom Tomé Ferreira da Silva e concelebrada pelos padres Deusdet Zanfolim, Cura da Catedral, padre Edvando Barufe, Assessor diocesano da Pastoral da Saúde e padre Jeová Bezerra, paróquia Santo Antônio de Pádua, a Pastoral da Saúde Diocesana rendeu graças ao bom Deus pelos trabalhos realizados pela pastoral nas paróquias e comunidades da diocese.


segunda-feira, 10 de julho de 2017

Dom Tomé faz Vista Pastoral à Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Dom Tomé, os dias de visita pastoral a esta paróquia foram de verdadeira missão. O senhor nos anunciou a Palavra de Deus, nos instruiu, nos conduziu a fortalecer a fé no amor que Deus misericordioso, plenamente manifestado em Jesus Cristo, têm para com cada um de nós.

Conscientizou-nos da nossa pertença à Igreja, especialmente a partir do batismo e de nosso compromisso missionário de levar a Palavra de Deus a todos, saindo em busca dos que estão afastados da fé e dos que não participam da comunidade. Instruiu-nos acerca das responsabilidades do Conselho Paroquial de Pastoral e Conselho Paroquial para Assuntos Econômico. Enfatizou a importância de seguirmos o Plano Diocesano de Pastoral para caminharmos em unidade com a diocese. Encontrou-se com voluntários e funcionários da paróquia, dirigiu-se às lideranças da sociedade, residentes ou frequentadores de nossa comunidade, visitou empobrecidos, doentes e casas religiosas. Reuniu-se com os catequizandos, seus familiares e catequistas. Rezou conosco o terço Mariano, conduziu a adoração ao Santíssimo Sacramento, celebrou a Eucaristia e ao final das missas se colocou à disposição das pessoas para bênção, cumprimentos e registros fotográficos.

Para todas as pessoas com as quais teve contato, dirigiu uma palavra de valorização e encorajamento, confirmando-as na caminhada de fé.

Por tudo o que aconteceu, concluímos que foi um tempo precioso de missão. Muito lhe agradecemos por estar conosco.

Aproveitamos a oportunidade para renovar nossa obediência ao senhor, como nosso bispo diocesano, e declarar nosso empenho e fidelidade a Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida, como também à nossa Mãe Igreja e ao nosso amado Papa Francisco.


Pedimos que Deus o envolva com seu amor e o assista em todos os momentos de sua vida. Que nossa Senhora do Perpétuo Socorro, São José, São Miguel e o Servo de Deus Nelsinho Santana, muito venerado nesta paróquia, o protejam sempre.


Pe. Dionízio Jesus Corrêa dos Santos
Pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - S. J. Rio Preto




Assembleia Sul I


Como de costume, após a realização da Assembleia Nacional dos Bispos do Brasil, realiza-se a Assembleia dos Regionais, no início de Julho deste, em Aparecida. Os Bispos se reuniram em Assembleia para a realização da Regional Sul I; estando presentes os Bispos de todo o estado de São Paulo (Sul I) com seus coordenadores de pastorais e mais os representantes da comissões dos diversos assuntos. Toda a assembleia transcorreu num clima agradável de orações, espiritualidade, partilha e fraternidade; foram apresentados e tratados vários assuntos, entre os quais destacamos dois:

O projeto Missionário da CNBB Sul I, e o Laicato.

Dentro do projeto Missionário destacamos ações: uma, Igrejas irmãs, a Igreja no Regional Sul I assume o norte I para auxiliar com envio de missionários, padres religiosos e até mesmo leigo para ação evangelização na Igreja irmã no regional da CNBB Norte I; outra, ação “ad gentes” indo até a diocese de Pemba na África; esta ação está em andamento para a preparação e formação dos missionários para conhecimento da realidade e necessidade local e desenvolvimento da ação missionária naquela região em favor de anúncio do Evangelho de Jesus Cristo em Edificação do Reino de Deus para o bem de tão necessitada população. Para esse projeto esperamos a sensibilização de todos , pois já com missionários e dioceses que se disponibilizaram para isso, há necessidade de preparar alguns recursos para a realização do projeto tal como: casa, poço, utensílios, carro, outros subsídios e até auxílio financeiro para a realização de tão bela e importante obra.

Quanto ao Laicato, à Luz do doc. 105, tendo em consideração toda uma realidade de um mundo pós moderno, atenta e preocupada com tudo, a Igreja valoriza a importante ação do leigo na Igreja e na sociedade. Com isso, a realização da Assembleia das Igrejas será conduzida e iluminada com o doc. 105 e a realização do ano do Laicato para que Clero e Leigos, cada um no que é próprio ao seu estado de vida, assumam em unidade o seu papel na vivência do mandato de Cristo, como um testemunho Cristão no mundo de hoje. “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei, nisto todos saberão que vós sois meus discípulos”.

Pe. Leonildo Pierin
Paróquia Sagrado Coração de Jesus - São José do Rio Preto

22º Beraká

Viver a alegria de Receber o Espírito Santo foi a escolha de milhares de pessoas, cerca de 40 mil. O público foi recorde no Beraká 2017, evento que aconteceu neste fim-de-semana no Recinto de Exposições de São José do Rio Preto. O evento religioso é um dos maiores do Brasil, no estado de São Paulo, há mais de duas décadas, são 22 anos. O município respirou o Beraká sábado e domingo e recebeu fiéis de todas as Regiões do Brasil.


Participaram do Beraká as bandas Latria, Manancial, Trilhos do Céu, Arkanjos. Também canta Frei Gilson, Paulinho Ribeiro, Alex Lima, Padre Fernando Francisco, irmãs Carmelitas e as bandas Ecclesis e Colo de Deus. Contando também com a presença de Vera Casagrande e Johnny Bertucci, que veio de News Orleans e é o coordenador da Renovação Carismática Católica dos Estados Unidos.


No sábado, ás 16h, o Beraká iniciou com o terço Mariano. Logo após teve celebração eucarística e em seguida pregações, seguidas de shows. No domingo, o evento teve início às 7h30 com terço Mariano, às 8 horas celebração eucarística presidida pelo Bispo Diocesano Dom Tomé e logo após a Santa Missa começaram as atrações musicais.


O palco central, com telão de led, permitiu ainda mais a interatividade com o público. O tema deste Beraká, "Recebe o Espírito Santo", seguiu a mesma temática da RCC Brasil para 2017: “O Espírito Santo descerá sobre ti”. O Conselho Nacional da RCC celebra com toda Renovação Carismática Católica os 50 anos de derramamento do Espírito Santo. Um dos momentos mais importantes do Beraká foi essa comemoração dos 50 anos da Renovação Carismática Católica. Nos anos de 1980 e 1990, a RCC ganhou força no Brasil. A missão da RCC é evangelizar com renovado ardor missionário, a partir da experiência do Batismo no Espírito Santo, para fazer discípulos de Nosso Senhor Jesus Cristo.


Durante os dois dias de evento muitas pessoas se confessaram ou foram atendidas pelos ministros de oração e aconselhamento. Além de todas as atividades que aconteceram simultaneamente, em mais um ano o Berakázinho, espaço reservado para a evangelização das crianças, foi uma forma de proporcionar aos pais uma melhor oportunidade de aproveitar o Beraká, momento de graça para toda a família. No espaço as crianças tiveram uma experiência com Deus de forma lúdica através do teatro, da música e da dança.


O Beraká 2017 encerrou com Show da banda Colo de Deus e a Adoração ao Santíssimo, tradicional, que atrai milhares de fiéis ao Recinto de Exposições e um dos momentos mais marcantes do evento. “Adorar a Deus é reconhecê-lo como Senhor da nossa história, como o Criador e o Salvador, o Senhor e o Mestre de Tudo o que existe, o Amor infinito e misericordioso”, disse Renata Correa, uma das coordenadoras do Beraká deste ano.


A palavra Beraká tem sua origem na referência bíblica de 2Cr. 20,26, e significa “Vale de bênçãos”. O objetivo principal do Beraká é resgatar o valor e a dignidade da vida humana, levando os participantes a dar um sentido novo em suas vidas, redescobrindo o amor incondicional e pessoal de Deus. Para que isso aconteça, promovemos a evangelização através de músicas cristãs, pregações e momentos de oração, alcançando, desta forma, cada coração dos filhos de Deus.


Uma das marcas do Beraká é a solidariedade. A entrada do Beraká foi gratuita, mas muitos participantes ajudaram com 1 kg de alimento não perecível. Todos os alimentos arrecadados serão distribuídos pelo Ministério da Promoção Humana, da Renovação Carismática Católica, a famílias carentes assistidas. Em mais um ano o Hemocentro realizou a campanha para aumentar o cadastro de doadores de medula óssea. Parcerias que deram certo e que no próximo ano irão continuar, com certeza.

O Beraká 2017 foi um Vale de bênçãos!!!

Equipe de Comunicação Beraká

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Uma reflexão com o bispo de São José do Rio Preto e conselheiro da RedeVida, Dom Tomé Ferreira da Silva, sobre a atualidade da política brasileira.
Fonte: RedeVida de Televisão




O prefeito André Vieira do município de Mirassol, juntamente com os engenheiros da prefeitura e da diocese de São José do Rio Preto, estiveram nesta quarta-feira na antiga Santa Casa de Mirassol para definir a área da concessão da Capela que será dedicada a beata Madre Assunta Marchetti e também da casa onde a beata scalabriniana morou e serviu durante 12 anos.

A concessão da área dentro do antigo hospital foi aprovada pela Câmara Municipal de Mirassol em 22 de Maio de 2017. A diocese trabalha no projeto de restauro e revitalização dos imóveis para resgatar a memória virtuosa da beata Madre Assunta Marchetti.

 Gustavo Zanforlim – Engenheiro Civil

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Visita Pastoral Paróquia Santo Antônio de Pádua

Mensagem a Dom Tomé Ferreira da Silva por ocasião de sua visita pastoral à Comunidade Santo Antônio de Pádua de 28/06 a 02/07/2017.

Dom Tomé, como abrasa e, ao mesmo tempo, acalenta nossos corações quando, em suas celebrações, o senhor nos saúda de forma carinhosa, nos chamando e nos tomando por seus filhos e filhas. Como é bom! Nos anima, nos revigora na fé e na esperança ouvir daquele em que tanto confiamos e nos confiamos a ternura da acolhida paterna nos dizendo: “Caro filho, querida filha...”

É com este sentimento de gratidão que desejamos coroar o encerramento desta visita pastoral do senhor à nossa Comunidade Santo Antônio de Pádua de São José do Rio Preto. Somos um povo que luta diante de tantas provocações deste mundo, mas nos tornamos incrivelmente fortes e buscamos caminhar para a santidade, dando sentido às nossas vidas e às nossas atitudes, configurando o nosso ser e agir com as coisas de Deus e da Igreja.

Por isto foi bom..., foi muito bom estes dias em que pudemos acolher o nosso Bispo em nossa Comunidade. Fomos muito bem orientados sobre o que precisa ser mudado, corrigido e melhorado. Isto nos anima e fortalece na fé, pois indica que estamos trilhando o caminho certo, basta dar vida às suas palavras sempre proferidas como as de um pai que quer o melhor para os seus filhos e filhas.

Acredite, querido Pastor: este seu rebanho aqui da Comunidade Santo Antônio de Pádua vai sair ao encontro dos que estão dispersos, afastados, descrentes da pessoa de Jesus Cristo e do conforto materno de nossa Igreja. Agiremos fortemente como CPP (Conselho Pastoral Paroquial) para sermos uma Igreja missionária em busca do encontro com todos.

Também na administração dos bens mobiliários e financeiros de nossa Comunidade: seremos mais intensos na busca de receitas e no controle das despesas para que possamos oferecer à Casa de Deus a dignidade de ser uma casa bonita, moderna e acolhedora aqui na Matriz e nas capelas, especialmente na Capela Nossa Senhora da Esperança.

Procuraremos ser ainda mais uma Igreja evangelizadora e servidora dos mais pobres, buscando restituir-lhes a dignidade de filhos amados de Deus.

Na despedida desta visita pastoral não podemos deixar de agradecer ao senhor e a todos os demais Bispos que o antecederam por ter sempre enviado à nossa comunidade bons sacerdotes que aqui nos ajudaram a construir um pouco de nossa simples porém bela história. Saiba que esta comunidade está feliz com o Padre Jeová, um sacerdote amável, simples e dedicado, que tem nos ensinado o valor das coisas, o zelo, o cuidado e o respeito com tudo o que pertence à Igreja; sua homilias tem aquilo que o povo desta comunidade precisa e deseja ouvir: o ânimo e o incentivo para lutar com fé, esperança e amor.

Encerrando, Dom Tomé, acredite: aqui tem um povo que o ama e está sempre pronto para recebê-lo de portas e corações abertos; um povo que reza muito pelo senhor e que lhe pede: “continue firme e forte mesmo nos momentos mais difíceis e turbulentos, pois Deus é contigo, e o senhor vai continuar sempre vencendo tantos demônios e tentações existentes pelo caminho, simplesmente porque Deus lhe ama. Deus é bom, não lhe abandona e caminha com o senhor.

Em nome de cada fiel leigo desta comunidade e de tantas pessoas a quem o senhor abraçou, cumprimentou e falou nestes dias em nossas ruas, nos postos de atendimento médico, nas creches e escolas, no asilo, em algumas casas e capelas, sentimos nos honrados em poder lhe abraçar nesta noite e dizer: estaremos com o senhor sempre, querido pai. Obrigado por tudo!

Comunidade Santo Antônio de Pádua de São José do Rio Preto – 02/07/2017

Dom Tomé celebra Missa na Comunidade Nossa Senhora da Esperança.