segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

II Encontro de Atualização para Presbíteros


A contínua construção de vida: “Vinde a sós, para um lugar deserto, e descansai um pouco” (Mc 6,31)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, através da Comissão Episcopal Pastoral para Os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada – CMOVIC, promoveu o 2º. Encontro de Atualização para Presbíteros, entre os dias 02 e 22 de janeiro, na Casa de Retiro das Rosas, Cachoeira do Campo, Minas Gerais, com participação de presbíteros de todos os cantos do Brasil, num total de 25 (vinte e cinco) participantes.

O Regional Sul I da CNBB contou com a participação de 7 padres.

O Encontro perpassou todas as dimensões da vida presbiteral: humano-afetiva, espiritual, intelectual, pastoral e comunitária. Tendo como eixo transversal a vida, vocação e missão do presbítero, este evento oportunizou um olhar prospectivo à nossa realidade. Os momentos de partilha de vida e vocação de cada um proporcionou revisitar a essência do chamado à vida presbiteral, no mundo hodierno.

Vivemos sob os estímulos oriundos de um momento novo inaugurado pelo Papa Francisco. Diante do quadro complexo vividos em nosso contexto eclesial e socioeconômico, desafios do pluralismo, o individualismo e consumismo, devemos ser homens de Deus com o povo: resgate da dimensão mística do sacerdócio, com espiritualidade autentica e integral; viver a afetividade de maneira madura e responsável; ser bom pastor, como missionário que vai ao encontro dos distanciados, vivendo nas várias situações angustiantes das periferias existenciais; agir de forma organizada e planejada, para que sejamos eficazes em nossa ação pastoral e evangelizadora; um olhar à eclesiologia do Concilio Vaticano II, assumido e atualizado pelo Papa Francisco, contidas em suas encíclicas, pronunciamentos, discurso e homilias, apontando luzes para as penumbras de nosso tempo; fazer tudo fundamentado na Palavra de Deus, para que ela seja, em nossa vida e missão, a alma, que nos impulsiona ao anuncio, celebração e vivencia da fé.

Diante deste encontro, saímos daqui com alguns desafios, mas sobretudo motivados e com animadoras perspectivas no ministério sacerdotal: 1º. Pastoral presbiteral autêntica e eficaz em todas as dioceses, como espaço de partilha e atualização teológica e pastoral. 2º. Esforço pessoal para o cultivo da espiritualidade e mística sacerdotal. 3º. Formação permanente em todas as dimensões da vida presbiteral. 4º. Vida saudável, nos nutrindo de tudo aquilo que nos potencializa a sermos aquilo que Deus nos chama a ser e corresponder àquilo que a sociedade e a Igreja espera de nós.

Pe. Leandro Luis Bernardes
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário