ORDENAÇÃO DIACONAL

Na última sexta-feira, 12, os seminaristas Rafael Vicente e Michel Candeu foram ordenados Diáconos, para o serviço do Povo de Deus e da Igreja.

A Solene Celebração Eucarística, presidida por dom Tomé Ferreira da Silva, foi realizada na paróquia Nossa Senhora Aparecida em Votuporanga, e contou com expressiva participação de padres, religiosos, familiares e leigos de várias comunidades da diocese.

Confira a entrevista concedida por Rafael Vicente e Michel Candeu ao Jornal Diocese Hoje.

 Rafael Vicente
1. O que significa ser diácono da Igreja?
Ser diácono é participar desse ministério que pertence ao primeiro grau do Sacramento da Ordem, pertencente à Igreja cristã. Os diáconos estão encarregados de executar o "serviço do ministério de nosso Senhor", depois de anos de preparação e formação no seminário deixa de ser um simples leigo e passa a pertencer ao grupo do clero com a ordenação. A palavra diácono surgiu a partir do grego diakonos, que significa "atendente" ou "servente". De acordo com a doutrina cristã católica, o diácono é o "servo do Senhor", espalhando a sua Palavra e ajudando a construir o seu Reino junto aos fiéis na terra, de acordo com as necessidades da Igreja.

O clero é formado por três graus de sacramento da ordem: os bispos, os padres e os diáconos. O diácono é o ministro da bênção e também pode realizar alguns Sacramentos, como o Batismo e abençoar o Matrimônio.


2. Diaconato ponto de chegada ou de partida.

Vejo que o diaconato não é nenhum ponto de partida ou chegada, mas um ministério que provém da caridade para o trabalho no Reino do Senhor, pois a messe é grande, mas os operários são poucos diz nosso Senhor. Ser diácono é dar um testemunho mais eficaz. Com isto vemos claramente que o diaconato para a Igreja é algo profundo para testemunhar mais eficazmente o serviço do Evangelho.

Portanto o diaconato tem muitas responsabilidades, o trabalho desse ministério ordenado é de suma importância para a Igreja Católica. O diaconato é um oficio de grande zelo e dedicação de vida, porque é de atividade física, mas de natureza espiritual com entrega total ao serviço do Senhor e da pregação da sã doutrina.


3. Como você se sente sendo o primeiro diácono da diocese de Votuporanga?
A verdadeira alegria de ser ordenado diácono é participar no serviço da caridade do Senhor no qual ele me chamou e me confiou a este proposito em sua Igreja. A questão de ser ou não o primeiro diácono da nova diocese é olhar com grande zelo e amor pelo trabalho que devo realizar nesta nova Igreja particular, pois a nossa Igreja é única, mas dividida em territórios que damos o nome de dioceses. Penso eu que a verdadeira felicidade consiste no discipulado de nosso Senhor independentemente onde posso estar inserido para o trabalho que a Igreja me chamou e me confiou por meio de minha vocação. Pois é como eu trago comigo uma frase desde o meu tempo de encontros vocacionais para o discernimento de ser padre, “Vocação acertada, certeza de um futuro feliz”.


Michel Candeu
1. O que significa ser diácono da Igreja? 
Primeiramente a gente deve olhar o que a palavra diácono, ela significa Ministério, servir, ministrar, o diácono é o servente o atendente, é aquela pessoa que se dispõe a trabalhar em prol ao reino. O diácono é aquele que evangeliza, que prega a palavra conforme diz Paulo em suas cartas. O jovem um receber a ordem do diaconado, esta que é primeiro grau do sacramento, Deve auxiliar o altar, primeiramente a partir da pessoa do epíscopo e também em segundo lugar do presbítero.
 
2. Diaconato ponto de chegada ou de partida.
No diaconato, nos consagramos a Deus e iniciamos a nossa longa jornada a serviço de Cristo, É a partir de, que devemos assumir o papel de bom pastor e exalar o cheiro Dele, renunciar a si para que a vontade de Deus possa prevalecer em nossa vida, de modo que, possamos assumir verdadeiramente o nosso chamado para cuidar das ovelhas que a nós será confiado

3. Como você se sente sendo o primeiro diácono da diocese de Votuporanga?  
A igreja nos confia a responsabilidade de servir de estar em prontidão de atender as necessidades, assim portanto desejo em meu coração e rogo a Deus para que possa derramar a suas bençãos e que eu possa me doar para este trabalho inteiramente corresponder ao sim que Ele me confiou.

Comentários

  1. Porque os dois diáconos não estão exercendo as funções? Não vemos nas missas paramentados. Estão sem uso de ordem por qual motivo?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Confira as últimas postagens do site da Diocese de São José do Rio Preto