quinta-feira, 7 de julho de 2016

NOSSA SENHORA APARECIDA, A MÃE DA MISERICÓRDIA, VEM NOS VISITAR

Na oração da “Salve Rainha”, Nossa Senhora, logo no início, é invocada como “Mãe da Misericórdia”. É um título oportuno, pois é mãe de Deus, e Deus é misericordioso. O Papa Francisco afirma que “O nome de Deus é misericórdia” e que Nosso Senhor Jesus Cristo é o rosto da misericórdia do Pai.

No ano de 2017, recordar-se-á os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição nas águas do rio Paraíba, próximo ao local onde hoje se encontra a cidade de Aparecida, SP. Desde então, esta pequenina imagem recebeu a denominação de Nossa Senhora Aparecida.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, para celebrar a efeméride do encontro da Imagem, propôs, há três anos atrás, a visita de uma “imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida” pelas dioceses brasileiras. A Diocese de São José do Rio Preto receberá esta visita a partir do dia 30 de agosto até 05 de dezembro do ano em curso.

No contexto do “Jubileu Extraordinário da Misericórdia”, as paróquias da Diocese de São José do Rio Preto se preparam para receber alegre e piedosamente a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, a Mãe da Misericórdia. Será para nossas cidades um tempo de graça, hora oportuna para que os fiéis católicos experimentem a misericórdia de Deus buscando a conversão.

Nossa Senhora não retém em si e para si o nosso olhar e coração, mas dirige-nos integralmente para o seu filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, pois Ele é o centro referencial de nossa vida de fé e a razão de ser de nossa existência como Igreja, Povo de Deus. Como em Caná da Galileia, ela nos diz: “Fazei o que Ele vos disser” (Jo 2,5).

A abertura da “Porta Santa” em tantas igrejas, ao longo deste ano jubilar, é o anúncio de que Nosso Senhor Jesus Cristo é a “porta” de entrada para ter acesso à misericórdia de Deus: “Eu sou a porta: quem entra por mim se salvará; poderá entrar e sair, e encontrará pastagens”( Jo 10,9). Em Nosso Senhor Jesus Cristo, a porta, a misericórdia divina está sempre disponível ao pecador arrependido.

O tempo da visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, às cidades da Diocese de São José do Rio Preto, nos meses de setembro, outubro e novembro, será um tempo ímpar para cantar a misericórdia de Deus, “Eterna é a sua misericórdia” ( Sl 136), e chamar os pecadores à conversão, através do anúncio explícito do Evangelho, da administração dos sacramentos, sobretudo a Eucaristia e a Confissão, e do convite à caridade, cumprindo o desejo do Divino Salvador: “Sede misericordiosos, como o vosso Pai é misericordioso” ( Lc 6,36 ).

Caros fiéis, nestes três meses de graça, envolvidos pela ternura materna de Nossa Senhora Aparecida, não tenhamos receio de manifestar publicamente a nossa fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, de anunciar o evangelho da salvação, de sermos misericordiosos e buscar a conversão dos pecadores. Procurem participar ativamente da programação que será desenvolvida em sua paróquia e nas paróquias vizinhas.

Salve Maria, nossa alegria! Nossa alegria, salve Maria!

+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário