sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Orientações Pastorais para o Ano Santo da Misericórdia

“Será, portanto, um Ano Santo extraordinário para viver, na existência de cada dia, a misericórdia que o Pai, desde sempre, estende sobre nós. Neste Jubileu, deixemo-nos surpreender por Deus. Ele nunca Se cansa de escancarar a porta do seu coração, para repetir que nos ama e deseja partilhar conosco a sua vida.”(Papa Francisco/25)

“Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso” (Lc 6,36). No Ano Jubilar da Misericórdia, somos convidados a percorrer três caminhos que nos conduzem à fonte da misericórdia divina e para sermos misericordiosos com os irmãos: alimentar-se da misericórdia divina nos sacramentos e sacramentais; praticar as obras de misericórdia corporais e espirituais; meditar, refletir e rezar a misericórdia a partir dos textos bíblicos, da Patrística, dos documentos do Magistério da Igreja e dos Papas.

A partir das orientações e sugestões provenientes do Santo Padre o Papa Francisco e da Santa Sé, sobretudo do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, recordo alguns momentos e atividades que devem ser implementados na vida pastoral das paróquias, pastorais, movimentos, associações religiosas e novas comunidades, para que se realize o objetivo do Ano Santo Extraordinário: “Neste Ano Jubilar, que a Igreja se faça eco da Palavra de Deus que ressoa, forte e convincente, como uma palavra e um gesto de perdão, apoio, ajuda, amor. Que ela nunca se canse de oferecer misericórdia e seja sempre paciente a confortar e perdoar. Que a Igreja se faça voz de cada homem e mulher e repita com confiança e sem cessar: ‘Lembra-te, Senhor, do teu amor, e da tua fidelidade desde sempre’(Sl 25,6).”(25)

TEMPOS QUE DEVEM SER PRIVILEGIADOS NO ANO SANTO DA MISERICÓRDIA: Quaresma; Dia Mundial do Enfermo, 11 de fevereiro; o dia das “24 horas para o Senhor”, na sexta-feira e no sábado anteriores ao IV Domingo da Quaresma, 04 e 05 de março; Semana Santa; domingo da Divina Misericórdia, 03 de abril; Solenidade do Sagrado Coração de Jesus; festa do Padroeiro ou Padroeira da Paróquia; Visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida na Paróquia, de agosto a dezembro de 2016; Visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima à Diocese, 08, 09 e 10 de julho de 2016; Festa do Senhor Bom Jesus dos Castores; meses temáticos: das Vocações, da Bíblia, das Missões; recuperar o sentido, valorizar e promover atividades nos dias santificados e feriados religiosos.

ATIVIDADES PROPOSTAS: Santa Missa diária nas paróquias, em horários e locais diversificados que facilitem a presença dos fiéis; nos dias santificados e feriados religiosos, manter os horários de missa do domingo; intensificar a catequese sobre o sacramento da confissão e oferecer possibilidades de dias e horários diversificados para que os fiéis possam ter acesso a este sacramento; intensificação de uma catequese do sacramento da Unção dos Enfermos e doá-lo a todos os doentes da paróquia que dele necessitam; oferecer o sacramento do Batismo aos adolescentes, jovens e adultos, com uma preparação ao estilo catecumenal; estimular os fiéis, insistentemente, para que pratiquem as obras de misericórdia corporais e espirituais; estimular os fiéis a participarem das peregrinações; orientar os fiéis sobre a natureza das indulgências e o modo de obtê-las durante o Ano Santo; estímulo às atividades da piedade popular: rosários, romarias, via-sacra, novenas e outras; identificar e ir ao encontro dos pecadores em cada paróquia, anunciando-lhes o Querigma; retiros e cursos, meditando, refletindo e rezando o tema da misericórdia a partir da Sagrada Escritura, dos textos da Patrística, do Magistério da Igreja e dos Papas; pregações e panfletagens em espaços abertos, ruas e praças, sobre a misericórdia; realização de uma semana missionária; explicar e estimular os fiéis a compreenderem e buscarem as indulgências; cada paróquia, pastoral, movimento, associação religiosa e nova comunidade realizar um gesto significativo que marque o Ano Santo, por exemplo: fazer ou consertar a casa de um empobrecido; reformar total ou parcialmente o espaço de alguma obra social; adotar por um ano alguma pessoa em situação de rua; doar um valor significativo em dinheiro para alguma obra de assistência social; nas atividades de âmbito diocesano, encontros e assembleias das pastorais, movimentos, associações religiosas e novas comunidades, seja a misericórdia assumida como tema central.

TODAS AS PARÓQUIAS DEVEM:

1.0   Atender ao pedido do Santo Padre o Papa Francisco para realizar nos dias 04 e 05 de março as “24 horas para o Senhor”, com programão própria para as 24 horas e atendimento das confissões;

2.0   Realizar uma Semana Missionária, indo ao encontro dos pecadores;

3.0   Empreender um gesto significativo de ação social para marcar o Ano Santo.

BIBLIOGRAFIA: Misericordiae Vultus, do Papa Francisco; Dives in Misericordia, do Papa São João Paulo II; Informações do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização; Carta do Santo Padre o Papa Francisco a Dom Rino Fisichella; Portal Oficial do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, da Santa Sé: www.im.va ; Coleção “Misericordiosos como o Pai”, do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, publicada no Brasil pela Paulus: Celebrar a Misericórdia-Subsídio Litúrgico; A Confissão-Sacramento da Misericórdia; Os Salmos da Misericórdia; As Parábolas da Misericórdia; Os Padres da Igreja e a Misericórdia; Os Santos e a Misericórdia; Os Papas e a Misericórdia; As Obras de Misericórdia Corporais e Espirituais.

Com amor e zelo pastoral, estas observações devem ser levadas em consideração na elaboração de todos os calendários pastorais de 2016 na Diocese de São José do Rio Preto.

Que Nossa Senhora, a Mãe da Misericórdia, “nunca se canse de volver para nós os seus olhos misericordiosos e nos faça dignos de contemplar o rosto da misericórdia, seu Filho Jesus.” (Papa Francisco)

Na véspera da festa de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira da América Latina, Deus o abençoe!

Amplexo e todo bem!

São José do Rio Preto, 11 de dezembro de 2015

+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP


Nenhum comentário:

Postar um comentário