segunda-feira, 19 de outubro de 2015

JUVENTUDE CONSTRUINDO UMA NOVA SOCIEDADE

Neste dezoito de outubro de dois mil e quinze, a Diocese de São José do Rio Preto, unida às dioceses do Brasil, realizou o “Dia Nacional da Juventude”, reunindo na Paróquia Santuário São Judas Tadeu, especificamente nas dependências da Obra Social, dois mil e oitocentos jovens, provenientes das noventa e oito paróquias, distribuídas em cinquenta municípios, que formam esta Igreja Particular.

O tema orientador do encontro, “Juventude construindo uma nova sociedade”, foi desenvolvido na homilia a partir da leitura de dois textos bíblicos, do Profeta Isaías (Is 53,10-11) e da Carta aos Hebreus (Hb 4,14-16), do canto do Salmo 32, e da proclamação do Evangelho (Mc 10,35-45), durante a Liturgia Eucarística.
As palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo “Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”(Mc 10, 45), ensinam a viver o “poder” como serviço e a doar a vida para a salvação do outro.
Cristo Sacerdote é o “trono da graça”, fonte da misericórdia, de quem nos aproximamos com fé para obter a salvação; pelo mistério de sua encarnação, morte e ressurreição, Ele se compadece de nossas fraquezas.  Nele se realiza a palavra do Profeta Isaías: “Meu servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si suas culpas” (Is 53, 11).
Iluminado pela fé, guiado pela esperança, no seguimento a Nosso Senhor Jesus Cristo, o jovem não “foge” do “mundo”, mas é chamado a construir uma nova sociedade, compreendendo o poder, nas suas múltiplas manifestações, como serviço, expressão da caridade, como diz o Mestre: “Mas, entre vós, não deve ser assim; quem quiser ser grande, seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos” (Mc 10, 43-44).
Na busca desta sociedade nova, onde o poder é serviço, os jovens são estimulados a participarem dos espaços onde são decididos os rumos das instituições e organismos da sociedade em âmbito municipal, estadual e federal. Devem se apresentar como membros para os mais diversos conselhos na escola, no bairro, no município, mas também para funções políticas em todos os âmbitos.
Expressamos nossa gratidão, na pessoa do Padre Hallisson Henrique de Jesus Parro, à equipe responsável pelo evento realizado e aos voluntários e parceiros que possibilitaram este momento de graça na nossa Diocese de São José do Rio Preto.
Jovens, não tenham medo! Vocês são “cidadãos do infinito”, como canta a canção do Padre Zezinho. Ocupem os espaços sociais e sejam construtores de uma sociedade fundada na verdade, honestidade, justiça e solidariedade, belos frutos da caridade que trazem nos seus corações. 

+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP









Nenhum comentário:

Postar um comentário