quinta-feira, 2 de julho de 2015

20º BERAKÁ – “O VALE DA BÊNÇÃO”.


“A ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA” (Ne 8,10).

A Renovação Carismática Católica da Diocese de São José do Rio Preto, SP, através da sua coordenação diocesana, realiza das 18 às 23 horas do dia 04 de julho, e das 7 às 20 horas do dia 05 de julho, no recinto de exposições da cidade de São José do Rio Preto, SP, o 20º BERAKÁ, momento de bênção de Deus para seus filhos e filhas.

O lema escolhido para este BERAKÁ é retirado do livro de Neemias: “Este é um dia consagrado ao Senhor, vosso Deus! Não lamenteis nem choreis. (...) Não é dia de luto, pois A ALEGRIA DO SENHOR SERÁ A VOSSA FORÇA”(Ne 8, 1-12). Este texto bíblico mostra que não é possível recompor o Povo de Deus, depois da ruína do exílio, sem a Palavra de Deus, é ela que assegura ao povo a sua identidade e a sua missão.

O texto de Neemias “fala da promulgação da lei feita por Esdras, sacerdote e escriba, pelo ano 444 a.C., permite-nos ver o roteiro de uma liturgia da palavra. Reunido o povo, eleva-se um louvor a Deus. Depois, o escriba, ou os escribas, do alto de uma tribuna, abrem o livro da lei, o Deuteronômio, em presença do povo, leem diversos trechos e explicam-nos ao povo na homilia. Resultado: o povo chora, sinal de que a lei havia contestado sua vida e os movera à conversão. Esdras intervém e dá novamente à festividade seu caráter alegre e de caridade.”

A alegria que se constitui na força do Povo de Deus é consequência da conversão, que leva às lágrimas, suscitada pela escuta da Palavra de Deus. Não há conversão sem consciência e arrependimento dos pecados. O anúncio explícito da Palavra de Deus mostra ao pecador o seu pecado, o conduz a Nosso Senhor Jesus Cristo, fonte da verdadeira alegria, pois lhe concede a graça do perdão.

Viver missionariamente, como solicita o Papa Francisco, é anunciar diuturnamente a Palavra de Deus, começando pela família, na escola, no trabalho, no bairro, na cidade, nos espaços materiais ou virtuais onde se desenvolve a nossa vida.

Todos possuem o direito à conversão, e para que este direito se concretize é preciso que sejamos anunciadores da Palavra da Salvação, como diz São Paulo a Timóteo: “ (...) proclama a Palavra, insiste oportuna ou inoportunamente, convence, repreende, exorta, com toda a paciência e com a preocupação de ensinar. (...) Tu, porém, vigia em tudo, suporta as provações, faze o trabalho de um evangelizador, desempenha bem o teu ministério”(2Tm 4, 1-5).

Compreendemos que a fé vem pela pregação: “Ora, como invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele que não ouviram? E como o ouvirão, se ninguém o proclamar? E como o proclamarão, se não houver enviados? (...) Logo, a fé vem pela pregação e a pregação pela palavra de Cristo” (Rm 10, 14-17).

A alegria, fruto da conversão ocorrida mediante a escuta da Palavra de Deus, prossegue na fraternidade e na caridade: “Ide para casa, fazei uma refeição abundante, bebei vinhos generosos e ENVIAI PORÇÕES AOS QUE NÃO TÊM NADA, porque hoje é dia consagrado ao nosso Deus. Não jejueis, pois apraz ao Senhor que estejais fortes”(Ne 8, 10). A caridade completa é expressão da alegria do convertido.

Aos participantes, organizadores, pregadores e voluntários do 20º BERAKÁ, a nossa saudação, comunhão, bênção e gratidão.

+ Tomé Ferreira da Silva

Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP







Nenhum comentário:

Postar um comentário