quarta-feira, 30 de abril de 2014

MOMENTO DE GRAÇA PARA A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA NO BRASIL.

Nas dependências do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida, SP, de 30 de abril a 09 de maio, se desenvolve a 52ª Assembleia Geral Ordinária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. É um evento anual, tempo de graça para a Igreja Católica A
postólica Romana presente em nosso País. É o único momento, durante o ano, que os Arcebispos e Bispos, provenientes de todo o território nacional, se encontram para um período prolongado de oração, partilha, reflexão, estudos e tomadas de decisões.

Desta Assembleia Geral participam como convocados todos os ordinários diocesanos: arcebispos, bispos, administradores apostólicos e administradores diocesanos. Os arcebispos e bispos eméritos participam livremente como convidados. Há sempre um grupo de assessores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e alguns convidados. Ao todo, são cerca de quinhentos participantes.

O tema central da 52ª Assembleia Geral da CNBB é a retomada do tema “Comunidade de comunidades: uma nova paróquia”, já abordado em 2013, e que transforma-se em documento com orientações teológicas e pastorais para  as dioceses brasileiras, num esforço concentrado de conversão pastoral e tentativa de retomada do ânimo missionário em nossas paróquias.

Temas considerados “prioritários” que estão em pauta: “Igreja e Questão Agrária no início do século XXI”; “Diretório para a Comunicação da Igreja no Brasil”; “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade”; “Análise dos formulários com os textos litúrgicos dos domingos e semanas do Tempo Pascal.”

Outras questões abordadas: Análise da conjuntura político-social; análise da conjuntura eclesial; preparação para a 3ª Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos: os novos desafios da família para a nova evangelização; Exortação sobre a nova evangelização, do Papa Francisco; avaliação e encaminhamento das próximas diretrizes gerais da ação evangelizadora da Igreja no Brasil (2015-2018); Jornada Mundial da Juventude: consequências e desafios pastorais; Os desafios apresentados pelo Papa Francisco aos Bispos (CELAM e Brasil); A formação dos novos presbíteros para uma nova paróquia; projeto de atualização para os presbíteros.

Durante a Assembleia um dia é reservado para a realização do retiro espiritual dos participantes. Neste ano o tema proposto: “Caminhando na fé”. A orientação do reitro foi entregue ao  Exmo. Revmo. Sr. Dom Bruno Forte, DD. Arcebispo de Chieti-Vasto, na Itália. Ao longo dos dias, muitos momentos são dedicados à oração comum: Laudes e Celebração da Missa, sempre transmitidas pelas tvs católicas; Hora Média/quinze horas; Vésperas.

Ao longo dos intervalos e à noite, muitos bispos dedicam precioso tempo à oração individual na Capela do Santíssimo Sacramento ou diante da imagem de Nossa Senhora Aparecida; outros prelados, enquanto se deslocam para os lugares de trabalho, celebração e alojamento, rezam a oração do Rosário de Nossa Senhora.

Como muitos se encontram somente nesta ocasião, a convivência fraterna entre os bispos é um ponto singular durante a Assembleia Geral: horas dedicadas a ouvir o outro, partilhar seus desafios, consolar os que passam por tribulações, aconselhamento, momento de criar ou reafirmar amizades.

Agradeçamos a Deus pelos arcebispos e bispos do nosso Brasil, que Ele lhes conceda saúde e vida longa.


+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP

2 comentários:

  1. Dom Tome, parabens pelo 9º aniversario episcopal. Que a Virgem de Fátima sempre o cubra com seu manto. Abraços Rodrigo Dutra

    ResponderExcluir
  2. Dom Tomé, boa terde! Desejo-le feliz aniversário, parabéns! Mais um quilo do peso da idade! E também mais uma caixa de inteligência! E milhões de bons projetos, que por onde andar e onde estiver, a proteção de Deus esteja sempre e sempre junto!

    Venery Gomes de araujo

    ResponderExcluir