quinta-feira, 13 de março de 2014

‘NOS ENCONTRAMOS NA MESA DO ALTAR”.

Com estas palavras, “Nos encontramos na mesa do Altar”, Dom Edmilson Amador Caetano, Ocist, encerrou a celebração da Eucaristia, neste 12 de março, na Catedral do Divino Espírito Santo, em Barretos, SP, concluindo o seu trabalho pastoral, nesta Diocese, como Bispo Diocesano por seis anos.

A noite chuvosa de quarta feira não impediu que fiéis, leigos, religiosos e religiosas, seminaristas, diáconos e padres, procedentes dos diversos municípios e paróquias que formam a Diocese de Barretos abarrotassem a Catedral para este momento de agradecimento a Deus pela vida e ação pastoral de Dom Edmilson Amador Caetano, agora transferido para a Diocese de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

Os fiéis estavam serenos, pois compreendem que esta é a vontade de Deus, manifesta através da Igreja. Ao sentimento de gratidão, associava-se o desejo de que Dom Edmilson seja feliz na nova fase de sua vida. Por outro lado, respirava-se uma “tristeza”, se assim posso dizer, pela sua transferência, o que significa uma certa “perda” para a Igreja que agora aguarda a nomeação de um novo Bispo Diocesano.

Guarulhos é uma grande diocese, de um município só, com aproximadamente um milhão e trezentos mil habitantes. O seu último Bispo Diocesano foi Dom Joaquim Justino Carreira, falecido prematuramente no segundo semestre de 2013, depois de um doloroso e rápido período de enfermidade.

A sub-região pastoral Ribeirão Preto II, do Regional Sul I da CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que compreende as dioceses de Jales, Catanduva, Barretos e São José do Rio Preto, que fazem parte da Província Eclesiástica de Ribeirão Preto, agradece a Dom Edmilson a sua presença e trabalho pastoral nestas terras fecundas do interior do estado de São Paulo, como Bispo de fiéis zelosos e primorosos no seguimento a Nosso Senhor Jesus Cristo e no amor à Igreja, Mãe e Mestra.

Auguramos votos de fecundo trabalho a Dom Edmilson na Diocese de Guarulhos. Cremos que sua presença será um enriquecimento ao Regional SP II, do Regional Sul I da CNBB, que congrega as dioceses da área metropolitana da cidade de São Paulo, excluindo a Arquidiocese de São Paulo que, com suas seis regiões episcopais, forma o Regional SP I.

Com humildes preces, nos associamos aos fiéis da Diocese de Barretos, nas suas mais diversas expressões, pedindo ao bom Deus que, tão breve quanto possível, mostre à Igreja a pessoa do novo Bispo Diocesano.

Ao Administrador Diocesano, a ser eleito ou indicado, formulamos votos de profícuo trabalho neste tempo de pacienciosa espera. Que o Divino Espírito Santo, Espírito de Vida e Santidade, lhe conceda os dons da sabedoria, discernimento, paciência e caridade.

Deus nos abençoe!


+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário