segunda-feira, 14 de outubro de 2013

DIA MUNDIAL DAS MISSÕES.

A missão “ad gentes”, voltada para outros povos e culturas, é parte integrante da Igreja, pois Nosso Senhor Jesus Cristo Ressuscitado, antes de sua ascensão ao céu, manifestou o desejo de que a Salvação de Deus chegue a todos os povos e em todos os tempos. A Igreja Católica Apostólica Romana é missionária, a missão é um ato da Igreja que responde ao apelo do Divino Salvador: “Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai A TODAS AS NAÇÕES; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo”(Mt 28, 18-20).

No Brasil, o mês de outubro é dedicado a uma maior e mais intensa conscientização da vida missionária do Povo de Deus. Os fiéis, leigos e ministros ordenados, bem como religiosos e consagrados, são convocados a rezar, ajudar e promover uma formação adequada sobre a necessidade e a natureza da missão ad gentes.

“Em sintonia com a Campanha da Fraternidade (CF 2013) e a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio 2013), o tema da Campanha Missionária deste ano é ‘Juventude e Missão’.  A juventude representa dinamismo e ousadia na tarefa missionária que precisa contar com todas as forças. O lema tirado do profeta Jeremias ‘A quem eu te enviar, irás’(Jr 1, 7b) recorda-nos que Deus continua a chamar e a enviar pessoas para anunciar a Boa Notícia de Jesus a todos os povos.”

A vida da Igreja no Brasil, ontem e hoje, também na Diocese de São José do Rio Preto, é devedora da ação missionária de sacerdotes, religiosas e consagrados vindos sobretudo da Europa, mas em número menor também provenientes de outros continentes. Se somos o que somos e fazemos o que fazemos é porque recebemos a semente do Evangelho dos missionários que fizeram do nosso país a sua pátria, de nossa gente o seu povo e de nossas comunidades a sua Igreja.

Embora carente de sacerdotes, religiosas, consagrados e leigos missionários, nós católicos brasileiros devemos intensificar nossa presença missionária em outros países, ou mesmo em regiões brasileiras onde há premente necessidade de recursos humanos para a evangelização, a criação e consolidação de comunidades de fé. “Devemos oferecer de nossa pobreza.”

Se não somos chamados à missão em outros lugares, podemos e devemos ajudar as missões com nossa doação em dinheiro. Nos próximos dias 19 e 20, somos convocados a “colocar as mãos em nosso bolso”, sempre tão sensível, e fazermos uma substancial ajuda às missões. Você pode entregar sua oferta em qualquer uma das missas, em todas as igrejas, do próximo sábado e domingo. “No Brasil, a coleta do Dia Mundial das Missões de 2012 arrecadou cerca de 8 milhões de reais.” Não nos esqueçamos que o Brasil recebe ajuda desta coleta missionária, enviada pela Santa Sé, e direcionada sobretudo para as dioceses da Amazônia.

Rezemos a oração missionária 2013: “Senhor, a Jeremias que resistia ao teu chamado por ser ainda jovem, Tu respondeste: a quem eu te enviar, irás, eu estou contigo. Apesar de nossas limitações, envia-nos! Dá-nos o teu Espírito que realiza em nós a tua Palavra e nos torna missionários e profetas do Reino. Amém!”

Agradeço as presenças missionárias em nossa Diocese de São José do Rio Preto, ainda hoje, de sacerdotes e religiosos vindos da Polônia, Itália e Espanha. Aos missionários que aqui faleceram nossas humildes preces e perene gratidão.


+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto.

Um comentário:

  1. Bom dia dom Tomé! Está demorando a voltar as rede sociais, concordo!!! Para esses humanos carentes necessitados e que querem bloquear a vida alheia! É rezar por eles! Não fica assim ensolado tenha fé em deus! Paciência! Venery Gomes de Araújo.

    ResponderExcluir