DIA MUNDIAL DAS MISSÕES.

A missão “ad gentes”, voltada para outros povos e culturas, é parte integrante da Igreja, pois Nosso Senhor Jesus Cristo Ressuscitado, antes de sua ascensão ao céu, manifestou o desejo de que a Salvação de Deus chegue a todos os povos e em todos os tempos. A Igreja Católica Apostólica Romana é missionária, a missão é um ato da Igreja que responde ao apelo do Divino Salvador: “Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai A TODAS AS NAÇÕES; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo”(Mt 28, 18-20).

No Brasil, o mês de outubro é dedicado a uma maior e mais intensa conscientização da vida missionária do Povo de Deus. Os fiéis, leigos e ministros ordenados, bem como religiosos e consagrados, são convocados a rezar, ajudar e promover uma formação adequada sobre a necessidade e a natureza da missão ad gentes.

“Em sintonia com a Campanha da Fraternidade (CF 2013) e a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio 2013), o tema da Campanha Missionária deste ano é ‘Juventude e Missão’.  A juventude representa dinamismo e ousadia na tarefa missionária que precisa contar com todas as forças. O lema tirado do profeta Jeremias ‘A quem eu te enviar, irás’(Jr 1, 7b) recorda-nos que Deus continua a chamar e a enviar pessoas para anunciar a Boa Notícia de Jesus a todos os povos.”

A vida da Igreja no Brasil, ontem e hoje, também na Diocese de São José do Rio Preto, é devedora da ação missionária de sacerdotes, religiosas e consagrados vindos sobretudo da Europa, mas em número menor também provenientes de outros continentes. Se somos o que somos e fazemos o que fazemos é porque recebemos a semente do Evangelho dos missionários que fizeram do nosso país a sua pátria, de nossa gente o seu povo e de nossas comunidades a sua Igreja.

Embora carente de sacerdotes, religiosas, consagrados e leigos missionários, nós católicos brasileiros devemos intensificar nossa presença missionária em outros países, ou mesmo em regiões brasileiras onde há premente necessidade de recursos humanos para a evangelização, a criação e consolidação de comunidades de fé. “Devemos oferecer de nossa pobreza.”

Se não somos chamados à missão em outros lugares, podemos e devemos ajudar as missões com nossa doação em dinheiro. Nos próximos dias 19 e 20, somos convocados a “colocar as mãos em nosso bolso”, sempre tão sensível, e fazermos uma substancial ajuda às missões. Você pode entregar sua oferta em qualquer uma das missas, em todas as igrejas, do próximo sábado e domingo. “No Brasil, a coleta do Dia Mundial das Missões de 2012 arrecadou cerca de 8 milhões de reais.” Não nos esqueçamos que o Brasil recebe ajuda desta coleta missionária, enviada pela Santa Sé, e direcionada sobretudo para as dioceses da Amazônia.

Rezemos a oração missionária 2013: “Senhor, a Jeremias que resistia ao teu chamado por ser ainda jovem, Tu respondeste: a quem eu te enviar, irás, eu estou contigo. Apesar de nossas limitações, envia-nos! Dá-nos o teu Espírito que realiza em nós a tua Palavra e nos torna missionários e profetas do Reino. Amém!”

Agradeço as presenças missionárias em nossa Diocese de São José do Rio Preto, ainda hoje, de sacerdotes e religiosos vindos da Polônia, Itália e Espanha. Aos missionários que aqui faleceram nossas humildes preces e perene gratidão.


+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto.

Comentários

  1. Bom dia dom Tomé! Está demorando a voltar as rede sociais, concordo!!! Para esses humanos carentes necessitados e que querem bloquear a vida alheia! É rezar por eles! Não fica assim ensolado tenha fé em deus! Paciência! Venery Gomes de Araújo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Confira as últimas postagens do site da Diocese de São José do Rio Preto