Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

O SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E O IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA.

Imagem
Antigamente nas famílias, em uma das paredes da casa, ocupava lugar de destaque o quadro com as estampas do Sagrado Coração de Jesus e do Imaculado Coração de Maria. Existe ainda hoje um rito com orações próprias para fazer nos lares a entronização destas imagens. Nas nossas igrejas, a estátua do Sagrado Coração de Jesus sempre ocupou lugar de destaque, talvez resultado do trabalho dos Jesuítas com o Apostolado da Oração. A contemplação do Sagrado Coração de Jesus é fonte de riqueza espiritual inesgotável para a vida de fé. O Mistério de Nosso Senhor Jesus Cristo Crucificado, com o coração ferido pela lança, de onde jorra sangue e água, é viva expressão do infinito e indizível amor de Deus pela pessoa humana. O coração de Deus, em Cristo, doa a plenitude de si, sem reserva, para que o pecador arrependido experimente a salvação que lhe é oferecida e que tem na cruz a sua fonte. Confiar na misericórdia de Deus, que podemos beber no Sagrado Coração de Jesus, não é razão para permane

Carta à toda a Diocese sobre a JMJ 2013

Imagem
                           

A UNIDADE DOS CRISTÃOS.

Imagem
Nesta semana, de 12 a 19 de maio, liturgicamente situada entre a Solenidade da Ascensão de Jesus ao céu e a Solenidade de Pentecostes, isto é, a descida do Espírito Santo sobre os Apóstolos, a Virgem Maria e os discípulos reunidos no Cenáculo, em Jersusalém, ocorrida cinquenta dias após a ressurreição de Jesus Cristo, são dias de oração pela unidade dos cristãos. Encontramos no mundo uma diversidade de religiões, que muitas vezes se confundem com culturas, como o hinduísmo e o budismo, ou as antigas religiões gregas e egípcias. No ocidente conhecemos as três grandes religiões monoteístas: judaísmo, cristianismo e islamismo, com raízes comuns no Antigo Testamento, a primeira parte da Bíblia. Não olvidamos as religiões de matriz africana. A partir de Nosso Senhor Jesus Cristo nasce e se desenvolve o cristianismo. Ao longo da história, nestes vinte e um séculos, o cristianismo, originalmente unitário, sofreu diversas divisões, sobretudo a partir do século XVI, dando origem a outros

A MATERNIDADE É DOM, GRAÇA E BÊNÇÃO.

Imagem
A complexificação da vida contemporânea vai transformando a compreensão da maternidade,  vista por muitos como um ônus a ser evitado a todo custo, por alguns tolerada, por outros abominada, acolhida e desejada com alegria por significativa parcela da sociedade. Transmitir, cuidar e educar a vida dos filhos é um dom, graça e bênção divina. A maternidade e a paternidade são modos de participação humana na ação criadora e educadora de Deus. O que somos e temos, também a capacidade de procriar e educar, têm em Deus a sua origem, pois fazendo-nos à sua imagem e semelhança, comunica-nos a capacidade de transmitir, preservar e educar a vida humana. A família é “Igreja Doméstica”, primeiro espaço da experiência da dimensão comunitária da fé. É neste contexto da família como Igreja Doméstica que compreendemos e vivemos a maternidade como dom, graça e bênção divina. Desvinculada desta moldura a compreensão da maternidade fica susceptível a outras leituras redutivas. Não é o mundo e o esp

“REDES SOCIAIS: PORTAIS DE VERDADE E DE FÉ; NOVOS ESPAÇOS DE EVANGELIZAÇÃO.”

Imagem
No dia 12 de maio de 2013 celebramos o 47º Dia Mundial das Comunicações Sociais; o primeiro ocorreu em 1967, com o tema “Os meios de comunicação social.” “O Dia Mundial das Comunicações foi instituído durante o Concílio Vaticano II e publicado no Decreto Conciliar ‘Inter Mirifica’(n. 18): ‘Para reforçar o variado apostolado da Igreja por intermédio dos meios de comunicação social celebre-se anualmente, nas dioceses do mundo inteiro, um dia dedicado a ensinar aos fiéis seus deveres no que diz respeito aos meios de comunicação, a orar pela causa e a recolher fundos para as iniciativas da Igreja nesse setor, segundo as necessidades do mundo católico.’” “Há quarenta e sete anos, o Magistério da Igreja, através das mensagens dos Papas Paulo VI, João Paulo II e, atualmente, Bento XVI, acompanha o desenvolvimento e as contínuas mudanças que ocorrem no âmbito da comunicação.” Em 24 de janeiro, dia de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, o Papa, hoje emérito, Bento XVI, e

Confira as últimas postagens do site da Diocese de São José do Rio Preto