sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Cidade Natal de Dom Tomé

A cidade de Cristina está situada no Sul de Minas Gerais, aos pés da Serra da Mantiqueira, rodeada de belas montanhas. Sua população é de onze mil habitantes e sete mil eleitores; é o quinto município em extensão do Estado, com oitocentos quilômetros de estradas municipais em terra batida. Ela surgiu no tempo da mineração, com o nome de Espírito Santo dos Cumquibus; em 1876, em homenagem à Imperatriz Teresa Cristina Maria de Bourbon, esposa de Dom Pedro II, recebeu o nome de Cristina. A Paróquia, dedicada ao Divino Espírito Santo, foi criada há 170 anos, em 1841. Desta pequena cidade surgiram personagens ilustres para a história do Brasil, no passado e no presente, bem como inúmeros sacerdotes e religiosas espalhados pelo País. Com bom nível cultural, muitos de seus filhos se destacam no cenário nacional no exercício da profissão, o que enche a cidade de satisfação. A economia está fundada na agropecuária, com destaque para a produção de leite e café, mas também cultivando batata, milho, cenoura e feijão. O café aí produzido é de grande qualidade, tendo recebido diversos prêmios; uma fazenda, Àgua Limpa, do Sr. José Carlos, recebeu  o 1º lugar no 4° Concurso de Qualidade "Cafés do Brasil", em 2002, quando um lote de café foi arrematado por japoneses no valor de hum mil e seiscentos dólares a saca. Há produção de café orgânico, produto para exportação. Atualmente, cresce na cidade a indústria de produção de luvas que fornece o produto para grandes empresas nacionais como Vale do Rio Doce e Petrobrás. Nesta cidade nasceu Dom Tomé, nela vivem alguns de seus irmãos e outros familiares. Nesta paróquia foi ordenado sacerdote em 01 de janeiro de 1987, pela mãos de Dom Tarcísio Ariovaldo do Amaral, então Bispo da Diocese da Campanha, MG. Confira logo abaixo algumas fotos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário